Limpeza vai começar pelo Terminal Urbano, a partir das 21h desta quinta-feira (26).

Essa é uma das medidas adotadas pela prefeitura para evitar disseminação do novo coronavírus.

Terminal Urbano de Maringá será o primeiro local a ser higienizado Prefeitura de Maringá/Divulgação Como uma das medidas para evitar a disseminação do novo coronavírus, a Prefeitura de Maringá, no norte do Paraná, vai começar a higienizar espaços públicos com grande circulação de pessoas a partir desta quinta-feira (26). De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, há cinco casos confirmados de Covid-19.

No entanto, boletim da Secretaria do Estado da Saúde aponta dois casos.

Prefeitura de Maringá decreta situação de emergência e determina fechamento de comércio Além da higienização, a prefeitura adotou várias medidas de prevenção, como fechamento do comércio, barreiras sanitárias nos acessos da cidade e transformou cinco unidades básicas de saúde em unidades de pronto atendimento para evitar aglomeração. A higienização vai começar pelo terminal urbano às 21h, no mesmo horário que começa a proibição de circulação de pessoas e veículos pela cidade.

O toque de recolher segue até às 5h da manhã. Para a limpeza, os servidores vão utilizar um desinfetante a base de quaternário de amônia, produto autorizado pela Secretaria de Meio Ambiente e utilizado em muitos países.

Conforme a prefeitura, o produto não é corrosivo e tem baixa toxidade.

Depois da limpeza no Terminal Urbano, o trabalho será realizado nos pontos de ônibus da área central,.

O trabalho também poderá ser realizado em unidades de saúde, mercados e outros locais com grande fluxo de pessoas.

Conforme a prefeitura, o trabalho será realizado pelos próximos sete dias, e alguns locais poderão ser higienizados mais de uma vez neste período.

Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.